Sandy e Junior comentam estreia de série documental sobre carreira da dupla

Sandy e Junior pisaram em um palco pela primeira vez em 1989, no programa Som Brasil, da TV Globo. Era o início de uma carreira verdadeiramente multiplataforma, em um momento em que essa palavra sequer era utilizada. Durante os 18 anos de parceria, finalizada em 2007, os irmãos lançaram 17 discos, mas foram muito além da música: participaram de filmes, novelas, tiveram programa de auditório e até um seriado para chamar de seu. Agora, mergulham no universo do streaming, com a estreia da série documental Sandy e Junior: A História.

A produção conta a trajetória da dupla e chega ao Globoplay nesta sexta-feira, 10, em sete episódios de 50 minutos. A mãe Noely abriu os arquivos da família e compartilhou mais de 250 DVDs dos filhos, entre apresentações em casa e bastidores dos principais shows da carreira dos irmãos. “É a chance de recontar essa história através dos nossos olhos, como aquilo refletia em nós. A história sempre foi contada pelo viés jornalístico, pelo viés comercial. Às vezes até com distorções”, disse Sandy, em entrevista coletiva nesta tarde, ressaltando que os dois tiveram papel central na produção do documentário. “Agora, a gente tem o distanciamento necessário, sem correr riscos emocionais. É um álbum da nossa história inteira esmiuçado”, completou. “Aquilo já é história. É mais fácil falar desses assuntos agora, porque a gente teve tempo de amadurecer”, acrescentou o irmão.

Questionados pelo Estado sobre o mergulho no streaming, Sandy e Júnior disseram ter aprovado a experiência. “Foi um desafio enorme definir o tempo do episódio, o tema de cada episódio. É um produto nosso. O mais legal de tudo isso é a liberdade que a gente tem”, afirmou a filha de Xororó. Junior brincou que se sente um “tiozão” frente ao avanço da tecnologia. “Começamos quando só tinha produção de LP. Agora, temos que nos atualizar”, afirmou, que prometeu imagens inéditas da carreira da dupla na série que estreia amanhã.

Os dois últimos episódios da série vão revelar ao público cada passo da preparação para o reencontro dos irmãos no palco em comemoração aos 30 anos de carreira, com a turnê ‘Nossa História’. Como já fizeram à época dos shows, os dois descartaram novos trabalhos em conjunto. “Foi lindo, foi mágico. Mas acho difícil fazer de novo”, comentou Sandy. Lembre como foi a turnê “Nossa História” nessa matéria do Estadão.

Ainda que a pandemia tenha atrasado alguns planos profissionais, Sandy revela que pretende lançar um novo trabalho solo no ano que vem. “E, se Deus quiser, vou sair em turnê”, contou à reportagem.

Sandy e Junior ainda estão em quarentena, para evitar a disseminação do novo coronavírus. “A coisa está demorando mais para resolver porque não tivemos uma quarentena completa. Tem de ter claro que nossas escolhas refletem no outro”, alertou o cantor.

Se quiser mais da dupla para maratonar nesta quarentena, Sandy & Junior, seriado dominical da TV Globo protagonizado pelos irmãos em 1999, e Estrela Guia, novela das seis que traz Sandy como a protagonista Cristal e Junior como Zeca, também já estão disponíveis no Globoplay.

especial do Estadão

COMPARTILHAR